Dia do Despachante Aduaneiro

Hoje, 25 de abril é celebrado o dia do despachante aduaneiro, uma das profissões mais antigas e importantes do comércio exterior brasileiro. 

Sua origem está ligada à atividade exercida na época pelos caixeiros que ficavam responsáveis por despachar as mercadorias importadas, por volta de 1850 com a publicação do Primeiro Código Comercial, promulgado por Dom Pedro II.

De lá para cá, o exercício do despacho aduaneiro evoluiu assim como todo o comex. 

A figura do despachante aduaneiro evoluiu também em importância para a economia internacional sendo considerado hoje como um parceiro estratégico de qualquer empresa que deseja ter sucesso no mercado internacional.

Leia a entrevista com a nossa diretora e despachante aduaneira, Csele: Entrevista com profissionais do comércio exterior

No artigo de hoje, vamos conhecer um pouco mais da importância do despachante aduaneiro nos dias atuais, vamos juntos? 

O que faz o despachante aduaneiro?

Vamos começar pelo mais básico, você sabe o que um despachante aduaneiro faz? 

Conseguir resumir a atividade de um despachante aduaneiro não é uma tarefa tão simples, mas vamos tentar deixar o mais claro possível para você entender bem o porquê é tão importante contar com esse parceiro de negócios tão essencial para as operações de comércio exterior.

Em resumo, um despachante tem a responsabilidade de representar legalmente as empresas importadoras e exportadoras, perante a Receita Federal Brasileira e demais órgãos fiscalizadores de mercadorias internacionais.

Para isso, o despachante necessita possuir um vasto conhecimento de legislação tributária, aduaneira, fiscal, de procedimentos dos órgãos, conhecimento logístico e de economia nacional e internacional. E muito mais!

É o despachante quem vai garantir que sejam cumpridas todas as exigências legais que a sua carga importada/exportada requer, dentro dos prazos estabelecidos e no menor custo possível. 

Olhando assim, não parece muito simples, não é mesmo? 

Qual a importância do despachante aduaneiro?

Você sabia que para um despachante aduaneiro conseguir desempenhar a atividade de despacho de mercadorias junto a Receita Federal, é necessário que ele tenha uma procuração onde se declara que ele é o representante legal da empresa importadora? 

Exatamente, o despachante não é (ou não deveria ser visto como) um mero prestador de serviços. 

É este parceiro que irá conhecer a fundo as particularidades dos produtos movimentados por sua empresa, a legislação aplicada para eles e quem vai possuir o histórico de outras operações realizadas com acesso a informações sigilosas como valores e quantidades de determinados produtos e transações realizadas pela empresa. 

Consegue perceber um pouco mais da dimensão da importância do despachante agora? Vamos ao próximo tópico para explicar o que tem de mais atual sobre este importante player. 

A transformação do comércio exterior e o despachante aduaneiro

Tecnologia

Com o avançar da tecnologia e procedimentos de comércio exterior, testemunhamos mudanças significativas no contexto do comex brasileiro. 

Hoje muito se fala no comex 4.0, onde dados são processados e geridos em massa, com vários sistemas complexos integrados uns aos outros, otimizando e abrangendo toda a cadeia de suprimentos mundial.  

Leia mais:  O que é COMEX 4.0? E quais são as novas tecnologias que profissionais do comex precisam conhecer?

Neste contexto, a figura do despachante aduaneiro passou por muitas mudanças para acompanhar o ritmo acelerado das alterações que ocorrem cada vez mais rapidamente. 

Dentro deste contexto, estamos atravessando um momento de transição no que diz respeito aos procedimentos de importação de mercadorias. 

A Receita Federal Brasileira implementou a Declaração Única de Importação (DUIMP) visando a simplificação dos processos de importação. 

Dentro desta mudança alguns sistemas foram substituídos, outros descontinuados, e outros foram criados. 

Novas exigências estão sendo divulgadas semanalmente  com novas regras sobre classificações fiscais de mercadorias, mecanismos de recolhimentos de impostos, catálogos de produtos de cada importador e a integração de vários sistemas ao Portal Único do Comércio Exterior, o Siscomex

E adivinha quem são aqueles que estão mais atentos e atualizados sobre essa nova forma de importar no Brasil? Acertou, os despachantes aduaneiros.

Modelo de negócios

Há ainda um aspecto mais organizacional que ajuda a entender a evolução da importância do despachante aduaneiro para o comércio exterior em geral.

Antes é importante explicar que o despachante aduaneiro é um profissional habilitado para esta atividade com certificação específica desta categoria. 

Contudo, os despachantes se profissionalizaram e expandiram seus modelos de negócios, ao ponto que hoje a figura do despachante aduaneiro está vinculada muito mais a uma empresa que presta assessoria especializada, do que apenas na figura de um único profissional. 

Com essa profissionalização, percebemos a evolução organizacional onde um ou mais despachantes formaram grandes organizações (assessorias), com estrutura financeira, humana e tecnológica para proporcionar aos seus clientes toda a agilidade e assertividade que operações de comércio exterior exigem cada vez mais.

Conheça a Interseas

Tendência de mercado

Outro fator que é importante levar em consideração é uma forte realidade de mercado que se percebe em todas as áreas de atuação, o chamado outsourcing. 

Você já ouviu falar em outsourcing? 

Outsourcing é um termo em inglês para terceirização, ou seja, hoje todas as grandes organizações optam por focar seus investimentos no seu core-business e terceirizar todas as atividades complementares ao seu negócio. 

Em se tratando de comércio exterior, vemos que este fator é ainda mais preponderante, haja vista as constantes mudanças de legislação especializada que somente quem atua no setor consegue acompanhar e desdobrar na rotina de cada atividade realizada.

Dentre todos os intervenientes do comércio exterior, é o despachante aduaneiro aquele que está constantemente atualizado de todas as alterações que ocorrem a nível de legislação e procedimentos aduaneiros.

Em todos os aspectos que consideramos, vemos que a importância do despachante aduaneiro só aumenta e se faz necessária para importadores e exportadores. Os despachantes aduaneiros são capazes de reduzir custos para importadores e exportadores através de regimes especiais, benefícios fiscais, logística estratégica, negociação internacional e análise de risco e compliance

Esperamos que você tenha gostado de conhecer um pouco mais sobre a atuação tão necessária de nossos queridos despachantes aduaneiros

Ah e aproveitando, fica aqui o convite para você neste dia tão especial, conhecer um pouco mais da nossa equipe incrível de profissionais especializados em comércio exterior, inclusive, duas das nossas sócias são despachantes aduaneiras habilitadas, com muitos anos de atuação e experiência no comex brasileiro, a Csele e a Sheine.

Então, vamos conversar sobre como podemos ajudar sua empresa a importar e exportar com ainda mais eficiência? 


Publicado em 25/4/2022 | Categoria(s): Exportação, Importação
Tags: , ,